Os desafios do ensino olímpico em sala de aula – Apresentação

FORTALEZA – É de saber comum que a educação pública brasileira não é de boa qualidade, principalmente quando falamos do ensino da matemática e do português, matérias fundamentais para o desenvolvimento pessoal e acadêmico de qualquer estudante. Por esses e outros motivos que a Obmepeiros Educação acredita que uma das maneiras de transformar a educação do Brasil é através de olimpíadas do conhecimento, essas que instigam o raciocínio dos alunos e desenvolvem suas habilidades.

Um grande erro normal de acontecer é associar olimpíadas apenas com matemática, física e química por exemplo, matérias de exatas, sendo que para muitos essas não são favoritas, o que pouco se sabe é que existem dezenas de competições só de âmbito nacional em nosso país, de todas as áreas do conhecimento e matérias. A nossa proposta, para em até 5 anos (2023), é ofertar cursos de preparação para todos os tipos de olimpíadas e poder abranger todos e quaisquer alunos da rede pública e privada, principalmente da pública, mas este não é o foco deste artigo.

Esta é a apresentação da nossa série de artigos Obmepeiros Educador, propondo orientar professores a repensarem seu ensino em sala de aula de forma a mesclarem com ele o ensino olímpico, uma ferramenta poderosa para aumentar o interesse dos alunos em sua disciplina desde que trabalhado da maneira correta. Traremos ao longo do ano ferramentas, atividades e materiais para auxiliarem neste trabalho, mas a primeiro momento apenas para a matemática.

Levando em conta nossa experiência, percebemos que escolas que possuem uma cultura olímpica aumentam sua qualidade de ensino de forma assustadora em questão de anos, conseguem puxar a atenção de praticamente todos os alunos e conseguem deixar a experiência em sala de aula mais dinâmica e prazerosa aos estudantes, fazendo com que seus rendimentos aumentem em forma de cascata, de uma para todas as matérias. É isso o que queremos fazer com a sua escola, e por isso precisamos do seu apoio!

Se você trabalha em alguma secretaria de educação ou é diretor ou coordenador de uma escola, pedimos que abracem essa ideia e que compartilhem esse os próximos artigos com o máximo de professores possível, queremos, junto com vocês, mudar a educação de nosso país.

Nas próximas publicações convidaremos também outros educadores para transmitirem suas experiências e especialistas no assunto pedagógico para isso. Para receber as próximas, assine nossa newsletter no fim da página. Até a próxima!

 

Por: Renan Oliveira Proença, diretor-geral da Obmepeiros Educação

Fundador e Diretor Geral

Nasceu em uma pequena cidade do interior de São Paulo chamada de Maracaí, tem 17 anos e é apaixonado por olimpíadas. Fundou e é Diretor Geral do Grupo Obmepeiros de Educação. Foi um dos desenvolvedores da OBMV e o idealizador do Programa de Treinamento Olímpico e Obmepeiros Simulados.

Comentários

%d blogueiros gostam disto: